Relevantes descobertas

Nossa pesquisa – “Mission Gap” – nos ensinou muitas coisas sobre os meios que precisamos para nos comunicarmos se, com efeito, quisermos provocar um poderoso movimento de seguidores de Jesus. Muitas de nossas conclusões foram diversas de um local para outro, mas houve uns poucos temas que estiverem presentes em todos eles – sendo assim temos que dar especial atenção a eles.

Portraits_of_Nepali_men_-_Photo_by_Garrett_N_4-sm

Fale claramente

Cristãos ao redor do mundo entendem objetivamente que eles têm um chamado para compartilhar o amor de Cristo por todo o mundo, e que precisam usar simplesmente a linguagem do dia a dia para isso. Nem uma vez ouvimos uma determinada comunidade de cristãos apregoar que eles foram chamados “para utilizar estratégias massivas para missões” ou “levar o Evangelho para os menos alcançados”. Se usarmos as palavras e expressões com as quais eles estão mais familiarizados, estaremos criando uma ponte e estabelecendo condições para uma comunicação mais profunda.

People_of_North_Africa_by_Rebecca_Rempel_4-sm2

Seja Objetivo

Os cristãos sabem o que tem que fazer e porque devem fazê-lo. As maiores barreiras relacionam-se ao como, quando e onde. Sempre que possível, nós deveríamos ser mais objetivos quando discorrendo sobre as necessidades e oportunidades para se servir. Nós, igualmente, deveríamos ser mais contundentes a respeito do tipo de treinamento e sustento que lhes damos quando eles se engajam na nova tarefa.

Como crianças carinhosamente amadas, siga o caminho de Jesus e trilhe os caminhos do amor assim como Cristo nos amou e deu sua vida por nós em um singular sacrifício para Deus.

Efésios 5:1-2 (NIV)